Tags

Imagem: Francis Bacon

 

 

 

Calado é trabalhador acabado.
Calado, quando se resume às cinzas, transpira. Calado
. respira e esquadrinha
a
v
i
d
a

Foge
dos cheiros
das limitações foge dos
princípios foge do fogo foge do mundo
Calado. E vê as transformações inexatas:

Para o sono, a terra
Para a fome, o vento
Para a sede, a nuvem

E, quando lê e vê a felicidade, chove silenciosamente.

Calado, quando termina, orienta
pro leste
a
v
i
d
a
pro oeste, a morte.  Pro centro, a poesia.

 

 

© Ian Lucena