Tags

Romance de Eduardo Ferreira Moura
Editora Multifoco, 2011

_______________

Em uma manhã, ao despertar de sonhos inquietantes, Arnaldo deu por si na cama: não havia se transformado em uma barata. Não estava naufragado em uma ilha deserta. Não perseguia ferozmente uma baleia. Não lutava contra moinhos de vento. Não queria vingar a morte do pai. Não procurava um mercador de marfim desaparecido na selva africana. Não vivia um romance com uma menina de doze anos. Não havia perdido fortunas em cassinos de Monte Carlo. Não tinha um espelho envelhecendo por ele no sótão. Não havia feito um pacto com o diabo. Não era herói, embora tivesse caráter. Eram muitas as negativas em torno da vida de Arnaldo, que é um personagem comum, de dramas absolutamente cotidianos. Por isso, altamente perigoso.

_______________

 

 

Clique aqui para comprar o livro.

 

O Editor