Tags

Elena Arcangeli

Elena Arcangeli

 

 

“Só há um problema” – ela disse – “Deus não morre como nós,
Deus não corre da morte como nós”.
Aí, seu braço sobre a minha escrivaninha,
seu sangue escorreu do pulso numa linha.
Era uma estrada,
era um caminho com jardins e o sol se punha na distância.
“Só uma coisa” – ela me disse – “nem animais morrem do jeito com que nós,
nem animais correm da morte como nós”.
Aí, seu braço sobre a minha escrivaninha,
seu sangue escorreu do pulso numa linha
estreita
e atravessou todas as páginas.

 

 

 

© Carla Severo Trindade